Sensível demais. Eu sou alguém que chora por qualquer lembrança de nós dois.
~ Sensível Demais. (via myallstarworn.)

(via myallstarworn)




2 years ago / 6 notes / © myallstarworn / Reblog

myallstarworn:

Era 03:30 da madrugada e eu já estava dormindo quando meu celular tocou.
- Oi ? - falei com a voz mais sonolenta do mundo.- Acorda. - era ele, quem diria que depois de todo esse tempo ele ainda tinha essa mania.- Acordei. Que horas ? - dei um sorriso.- 03:32 da madrugada. Tava fazendo o que ? - é ele não sabia o que falar.- Tava dormindo ? - eu ri.- É né. - ele ficou mudo.- Que que aconteceu que você me ligou essa hora ? Já tinha até esquecido como era ser acordada por você a essa hora.- Senti saudade. - ele deu um riso tão gostoso - É eu sei que não é normal eu falar isso mas senti saudade de te ligar e ficar cantando pra você acordar, e de te fazer ficar sem sono e desligar e ir dormir. - é, ele tinha essa triste mania, que eu amava.- Quem diria você tem sentimentos. - falei brincando - Mas, o que você ta fazendo acordado a essa hora ? - era difícil ele ficar acordado até tarde assim por causa dos remédios que ele tomava. Mas ele não era doido.- Não tomei o remédio hoje aí fiquei jogando até agora, minha cabeça começou a doer e decidi ligar pra você antes de dormir.- Mas você não ta em casa né ?! To ouvindo o vento.- É, eu acabei de sair de casa agora.- E você ainda não perdeu o costume de ”ir tomar um ar” ? - Você me conhece - ele disse rindo - e também ta um vento bom aqui na rua.- Você ta onde ?- Na sua rua. - e nesse momento eu fiquei muda - Abre o portão pra mim ?  
Desliguei o celular e fui abrir o portão e lá estava ele com aquele moletom vermelho, de óculos e um sorriso lindo. No começo pensei que estivesse sonhando mas ele estava lá mesmo. Ele entrou e ficamos conversando a madrugada toda, até 06:30 da manhã quando a mãe dele ligou perguntando onde ele estava.Levei ele até o portão e como era de costume ele me deu um selinho e foi embora. E depois disso as coisas voltaram ao normal. Ele voltou a falar comigo como antes. E hoje somos mais amigos, nos aproximamos mais. E eu o amo mais.

myallstarworn:

Era 03:30 da madrugada e eu já estava dormindo quando meu celular tocou.

- Oi ? - falei com a voz mais sonolenta do mundo.
- Acorda. - era ele, quem diria que depois de todo esse tempo ele ainda tinha essa mania.
- Acordei. Que horas ? - dei um sorriso.
- 03:32 da madrugada. Tava fazendo o que ? - é ele não sabia o que falar.
- Tava dormindo ? - eu ri.
- É né. - ele ficou mudo.
- Que que aconteceu que você me ligou essa hora ? Já tinha até esquecido como era ser acordada por você a essa hora.
- Senti saudade. - ele deu um riso tão gostoso - É eu sei que não é normal eu falar isso mas senti saudade de te ligar e ficar cantando pra você acordar, e de te fazer ficar sem sono e desligar e ir dormir. - é, ele tinha essa triste mania, que eu amava.
- Quem diria você tem sentimentos. - falei brincando - Mas, o que você ta fazendo acordado a essa hora ? - era difícil ele ficar acordado até tarde assim por causa dos remédios que ele tomava. Mas ele não era doido.
- Não tomei o remédio hoje aí fiquei jogando até agora, minha cabeça começou a doer e decidi ligar pra você antes de dormir.
- Mas você não ta em casa né ?! To ouvindo o vento.
- É, eu acabei de sair de casa agora.
- E você ainda não perdeu o costume de ”ir tomar um ar” ?
- Você me conhece - ele disse rindo - e também ta um vento bom aqui na rua.
- Você ta onde ?
- Na sua rua. - e nesse momento eu fiquei muda - Abre o portão pra mim ?  

Desliguei o celular e fui abrir o portão e lá estava ele com aquele moletom vermelho, de óculos e um sorriso lindo. No começo pensei que estivesse sonhando mas ele estava lá mesmo.
Ele entrou e ficamos conversando a madrugada toda, até 06:30 da manhã quando a mãe dele ligou perguntando onde ele estava.
Levei ele até o portão e como era de costume ele me deu um selinho e foi embora. E depois disso as coisas voltaram ao normal. Ele voltou a falar comigo como antes. E hoje somos mais amigos, nos aproximamos mais. E eu o amo mais.



Chupa meu pau.
Você é muito grosso
Desculpa, eu te amo.
Não precisa pedir desculpa, eu te amo mais.
Me beija?
Te beijo.
Me abraça?
Te abraço.
Me ama?
Te amo.
Me chupa?
Mô…
Vai que dava certo.


(via myallstarworn)


2 years ago / 154,684 notes / © keruvim / Reblog

Vem aqui, chega mais perto, me abraça, me beija, me enche desse clichê, de que preciso de você.


(via a-bsirto)



(via graysonwasgroovy)



"não chora" eu choro, "não ria" dou risada, "não pise na grama" eu piso, desculpa sou do contra.
 

(Source: staystron-g, via s-urpresas)


2 years ago / 45,756 notes / © staystron-g / Reblog

(via doyouwantacigarette)


2 years ago / 20,286 notes / © depoisdossonhos / Reblog

home page ask me FAQ

E se foi
se jogou num mar aberto de ilusões

Sonhos e mais sonhos. Desejos. Angústia. Ansiedade. Felicidade. Tristeza. Promessas. Juras. Risos. Frieza. Divertimento. Amor. Carinho. Responsabilidade. Minha vida tem todos esses sentimentos misturados, e eu estou tentando deixá-los em ordem,
»



theme by queridasolidao
« dont copy, dont remove this tag »